sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Os verdadeiros contos de fadas! Parte 02




A bela adormecida

Em uma versão escrita pelo italiano Giambattista Basile no século XVII, Tália adormece após uma farpa entrar sob sua unha. A garota é abandonada sozinha em casa pelo pai, que foge desolado. Tempos depois. Um rei, durante sua caçada, econtra a casa de Tália e logo ao encontrá-la dormindo, se apaixona por ela. Antes de partir, o rei transa com Tália ( que ainda estava dormindo) e acaba engravidando de gêmeos, chamados de Sol e Lua. Meses depois, ao tentar mamar, um dos filhos chupa o dedo de Tália, que acaba acordando. A rainha (sim, o rei era casado) ao saber da pulada de cerca do marido, ordena imediatamente que os guardas reais levassem Tália e os dois filhos bastardos para o castelo, para serem queimados em um fogo preparado especialmente pela rainha. Porém a rainha acaba caindo nesse fogo, livrando Tália e seus filhos da condenação.






A Branca de Neve

Na primeira versão dos irmãos Grimm, de 1810, A mãe de Branca de Neve (e não a madrasta) Fica louca ao saber, pelo espelho, que sua filha era a mais bela do reino. Morrendo de inveja, a mãe manda um caçador atrás de sua filha, que tinha apenas 7 anos. O caçador, com pena da menina, mata um javali e leva sua carne para a rainha, que come achando ser de sua filha. Já na festa de casamento de Branca de Neve com o príncipe, a rainha é condenada a dançar com sapatos de ferro em brasa até a morte!





Os três porquinhos

Na versão de 1890, de Joseph Jacobs, o lobo derruba a casa dos dois primeiros porquinhos, devorando-os em seguida. Como o terceiro porquinho morava em uma casa de tijolos, o lobo não conseguiu derrubar a casa com um assopro. O lobo então tenta de todas as formas convencer o suíno a sair de sua casa, sem sucesso. O lobo decide então invadir a casa pela chaminé, mas não contava que um caldeirão com água fervendo estivesse o esperando e acaba morrendo. O porquinho resolve então comer o lobo, com seus irmão ainda dentro de sua barriga.


Não perca a terceira e ultima parte sobre os verdadeiros contos de fadas, que sairá em breve!
(fontes: Pentameron, de G. Basile; Children's and Household Tales, dos irmãos Grim; Wikipedia)

2 comentários:

Janaína disse...

Os contos originais são muito mais interessantes que as versões Disney! Conto Sinistro não pode parar mais! Beijones

Meus Momentos disse...

Só não entendo porque a disney transformou essas históias em contos
de fadas!!
Conto Sinistro muito massa!!